♥ Teste: que tipo de mãe você é?

Nenhum comentário



Você tem certeza de que é uma boa mãe, certo? Mas como confirmar isso? Sua personalidade tem muito a ver com a forma de tratar seu filho. Garimpei um teste que fiz há alguns meses na net e achei que meu resultado bateu super com o que estava escrito.



E para você, será que bate? 

  • Todas as mães têm orgulho de seus filhos. Responda: o que você mais gosta que digam sobre eles? 
  1. Seu filho sabe exatamente o que quer. 
  2. Seu filho é muito popular e se dá bem com outras crianças. 
  3. Seu filho é muito inteligente e mais avançado do que outras crianças da sua idade. 
  4. Seu filho usa a imaginação o tempo todo, demonstrando seus talentos artísticos. 

  • A avó presenteia seu filho de cinco anos com algo que ela mesma teceu. Que objeto você prefere? 
  1. Uma pelúcia de cor vermelha. 
  2. Uma blusa com listras fluorescentes que brilham no escuro. 
  3. Uma calça com bordado na frente. 
  4. Um lenço. 

  • Em que situação você se sente mais obrigada a ajudar o seu filho? 
  1. Na escola seu filho foi repreendido por quebrar um brinquedo. Você compra um novo e envia para a escola.
  2. Seu filho está doente na cama e você prepara um chá, além de realizar qualquer capricho que ele pede. 
  3. Seu filho tem pequenos problemas de dicção. Você decide realizar exercícios em casa com muita paciência todos os dias durante uma hora.
  4. Seu filho pede para comemorar seu aniversário com uma festa, o mágico não apareceu e ao ver a tristeza das crianças você decide entreter seus amiguinhos. 

  • Qual a profissão que mais gostaria para seu filho no futuro? Marque duas opções. 
  1. Advogado. 
  2. Veterinário. 
  3. Arqueólogo. 
  4. Ator. 

  • Seu filho chega chorando do parquinho e reclama que outra criança pegou o seu brinquedo. Com qual das seguintes opções você mais se identifica? 
  1. O motiva dizendo: “Se alguém pega o seu brinquedo, defenda-se”. 
  2. Fica indignada e diz: “Mostre-me quem foi!”. 
  3. Para evitar possíveis mal-entendidos, pergunta primeiro: “Você também pegou algo?”. 
  4. Concorda com seu filho e sussurra em seu ouvido: “Sabe o que vamos fazer? Nos aproximamos dele sem que nos veja e pegamos de volta o seu brinquedo, que tal?” 

  • Quando está no parque você gosta de conversar com o tipo de mãe que diz: 
  1. “E disse logo para minha vizinha: Só para você saber, minha senhora, vou deixar o carrinho aqui, quer você goste ou não”. 
  2. “Sabe, encontrei um dentista que é realmente muito bom, sensível no trato com as crianças. Minha filha já não tem medo de ir ao dentista”. 
  3. “Outro dia li algo interessante: a melhor idade para que as crianças aprendam inglês é até os 12, já que até então o palato ainda é maleável, o que é importante para uma pronuncia sem sotaque”. 
  4. “E então coloquei Rodrigo na cadeirinha e fomos ao shopping. Você não imagina as coisas que comprei! Não sabia como levar tudo para casa”. 

  • Seu filho de seis anos tem que recitar uma poesia em uma festa. Quanto mais próxima a data, mais nervoso e angustiado ele fica. O que você diz para acalmá-lo? 
  1. “Tenho certeza de que vai se sair muito bem, você vai ver, as outras crianças vão te achar muito corajoso e certamente irão te admirar”. 
  2. “Se você se preocupa tanto, não tem por que fazer. Vou pedir para cancelar a sua declamação.                                                                        
  3. “Tudo ficará bem, tenho certeza. Vou ensaiar com você as partes mais difíceis até que decore a poesia. O que acha?”. 
  4. “Venha, vamos fazer como se estivéssemos na festa. Eu sou a expectadora e você recita a poesia diante de mim”. 

  • Depois de fazer a limpeza de casa, você está sentada completamente exausta na cozinha, descansado e tomando um café. O que passa pela sua cabeça nesse momento? 
  1. Agora vou passar roupas e também limpar os vidros, que estão imundos. 
  2. Vale a pena, porque assim minha família fica feliz. 
  3. Apenas cinco minutos de descanso, depois vou continuar! 
  4. Seria fenomenal estar sentada agora em uma varanda em Roma! 

  • Sua tia quer dar um presente para sua filha pelo seu primeiro dia de aula. Ela pede uma sugestão. O que você diz? 
  1. Um vale para ir ao cinema 
  2. Um álbum de fotos. 
  3. Uma caixa de lápis de cor ou canetinhas para desenhar. 
  4. Uma bonita caixinha para guardar, por exemplo, o primeiro dente de sua filha. 

  • Em que situação você realmente ficaria com raiva de seu parceiro? 
  1. Mima demais o nosso filho e resolve todos os problemas dele. 
  2. Nunca estabelece limites, nosso filho pode fazer o que quiser. 
  3. Conta entusiasmado ao nosso filho que quando estava na escola sempre colava nos exames. 
  4. Exige que o filho pense e se comporte como um adulto. 

  • Que tipo de mãe te irrita? 
  1. A que mima seu filho em excesso e facilita as coisas de tal maneira que a criança não tem que fazer nada. 
  2. A que só pensa em si mesma e abandona o filho. 
  3. A que acredita que seus filhos são as crianças mais inteligentes do mundo e se orgulha deles como se fosse verdade. 
  4. A que educa o filho de forma muito rigorosa. 

  • Que tipo de esporte você gostaria que seu filho praticasse? 
  1. Futebol. 
  2. Atletismo. 
  3. Tênis. 
  4. Voleibol 

  • Qual destes princípios você gostaria que seu filho seguisse? 
  1. Não desista cedo demais! 
  2. Não pense só em você! 
  3. Seja responsável em tudo o que fizer! 
  4. Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje! 

  • É o primeiro dia de aula de seu filho. Que tipo de professor você gostaria que ele tivesse? 
  1. Um que promova a autoestima das crianças. 
  2. Um muito carinhoso que esteja sempre atento às crianças. 
  3. Um que seja bom em sua profissão e saiba ensinar as crianças. 
  4. Um que estimule as crianças e as ensine através de jogos. 


  • Já faz alguns meses que você deu a luz, seu filho cresce perfeitamente e dorme durante horas seguidas. Uma amiga se oferece para cuidar dele uma tarde ou noite para que você e seu parceiro possam sair. O que você gostaria de fazer? 
  1. Ir a uma festa e passar momentos incríveis com todos os amigos com os quais não saía a muito tempo. Voltar para casa de madrugada, cansada, mas feliz. 
  2. Jantar em seu restaurante favorito. Assim, enquanto aproveita o jantar pode conversar com tranquilidade frente a frente com seu parceiro. 
  3. Ir ao teatro, a um concerto ou ao cinema. 
  4. Pegar o carro e procurar um ambiente agradável para fazer uma longa caminhada pela praia ou por uma paisagem especial. 

♥ Com a maioria das suas respostas "1": Protetora 

Você é uma mãe com um grande coração para todos, mas principalmente para quem necessita de ajuda, os que estão tristes e precisam de conselhos ou os que foram tratados injustamente. Todos eles sabem que você vai ouvir, aconselhar e entender.
Você é sensível e sempre tem os ouvidos prontos para ouvir quem mais necessita. É tão caridosa que a professora de seu filho vai perguntar se pode acompanhá-los em uma excursão ou pedirá a você para ser voluntária porque ninguém mais quer ser, sabendo que você vai aceitar sem reclamar e que o fará com todo o entusiasmo e dedicação para fazer o bem. Você proporciona um lar amoroso, os faz sentir-se queridos e protegidos, por isso sempre recorrem a você quando necessitam de alguém para consolá-los e de alguém que se preocupe com eles.
Aconteça o que acontecer, sempre estará a seu lado, defendendo-os com unhas e dentes. Entretanto, tanta atenção pode ser um perigo. Superproteger o seu filho para evitar que tenha problemas e frustrações fará com que se torne fraco e não saiba enfrentar obstáculos em seu caminho, pois certamente os desafios são o que os fazem crescer. Pode demorar muito para você aceitar, mas deve tentar manter-se em segundo plano e não sair correndo sempre que pedem ajuda. 


♥ Com a maioria das suas respostas "2": Enérgica 

Definitivamente você é uma mulher forte, que sempre diz o que pensa, não se cala quando algo não lhe parece bem e muito menos espera que alguém faça as coisas para você. É independente e segura de si. Ao longo de sua vida você aprendeu a ser autoconfiante e todos apreciam sua iniciativa, por exemplo, quando se trata de organizar a reunião de pais da classe de seu filho. Você gosta de ensinar seu filho a ser corajoso e capaz de tudo, incentivá-lo a fazer coisas novas para que siga adiante, defender-se de quem o maltrate e a ser protagonista na vida.
“Você pode” ou “Tenho certeza que você consegue” são algumas de suas frases favoritas para ajudar seu filho. Sabe que assim lhe dá a oportunidade de se tornar uma pessoa com uma grande autoestima e corajoso diante da vida. Entretanto, é difícil para você aceitar os pontos fracos de seu filho, quando em algumas ocasiões se sente envergonhado e se esconde, ou corre para baixo de suas saias. Ou quando não querem brincar com ele ou pegam o seu brinquedo e ele fica calado, deixando você nervosa e irritada. Por isso deve ser paciente e entender os seus medos.
Deixe que ele decida a favor ou contra alguma coisa, que se defenda de outras crianças, que expresse sua opinião e só assim ele poderá realmente desenvolver sua personalidade. 


♥ Com a maioria das suas respostas "3": Voluntariosa 

Quando você decide fazer alguma coisa, sempre faz bem feito. Tem uma ambição saudável e gosta de coisas boas, faz por merecer tudo o que tem.  Não é uma questão de sorte, você as conquista. O seu sucesso é sem dúvida o resultado de seu enorme esforço, dedicação e disciplina. Sempre quer se destacar e que as pessoas ao seu redor sejam como você. Escolhe os melhores professores na escola ou o melhor pediatra para seu filho.
Portanto, você quer que seu filho seja o melhor em tudo, que renda ao máximo, com a vantagem de que você o estimula e incentiva o seu aprendizado em todos os campos. Já pesquisou tudo o que é necessário para que aproveite sua inteligência e sabe perfeitamente em que fase de seu desenvolvimento intelectual e físico seu filho se encontra a cada momento, para assim utilizar o melhor método de educação. Por exemplo, ginástica para bebês, música infantil ou tratamentos de fala.
Você acompanha o seu filho em sua aprendizagem e está sempre presente na escola e nas terapias, sabe que sua inteligência e seus conhecimentos podem dar a ele muitos estímulos. Entretanto, precisa ter cuidado para não compará-lo com seus companheiros, reconhecer que cada criança tem seu próprio ritmo e que seu progresso não depende totalmente de você. Demonstre seu apoio quando ele falhar ou conquistar alguma coisa. Desta forma, ele entenderá que você não o pressiona somente para conseguir progressos. 


♥ Com a maioria das suas respostas "4": Criativa 

Você não gosta de rotina e não suporta escutar: “Sempre foi feito assim” ou “Se todo mundo fizer o mesmo...”. Você gosta de sair da monotonia e dar novas ideias. É espontânea, adora aproveitar seus dotes artísticos para imaginar e se divertir com seu filho, o que o enriquece.
Gosta de improvisar graciosos trajes para uma peça, excursões a novos lugares divertidos, inventar brinquedos com materiais reciclados ou novas histórias para a hora de dormir. Sua grande vantagem é que pode se adaptar facilmente a qualquer situação. Se a convidam para uma festa, você vai tranquilamente levando o seu bebê. Seu filho traz alguns amigos para jantar? Não importa, você faz mais comida.
Entretanto, quando seu filho estiver maior, o mais provável é que lhe falte este modelo de mão rigorosa, fazendo com que ele ache que você é como uma irmã mais velha. Faltará a seu filho um modelo de segurança que pode deixá-lo confuso. Lembre-se de que, além de estímulos criativos, uma criança precisa também de rotina e de disciplina.

E aí, deu certo pra você? Autoconhecimento é tudo, miga  :)

beijos, beijos e até o próximo post