Estilo: qual gravata combina com seu tipo físico?

Ei, meninas. Que tal dá um trato no look do maridão? Sei que tem muitos pais super ligados nesse negócio de estilo, mas alguns acabam se esquecendo de dá uma caprichada no visual, né, sabemos disso?

Outros não sabem como fazer, combinar a gravata com o cinto, e com a meia, e com o sapato.... muita informação para eles né, meninas? E quem não gosta do maridão bem produzido? Um gato, todo elegante? Ahhh, todas nós!

E quer melhor dia melhor para dá aquela sugestão de moda, estilo, beleza sem parecer chata que o dia dos pais? É como fosse um ´fica a dia´

Para ajudar, selecionei alguns artigos bem legais de blogs específicos para homens e durante toda essa semana vou postar um por dia. Cada dia será sobre um assunto diferente. O de hoje é gravata.

A escolha de uma gravata não pode simplesmente acontecer de maneira aleatória. Existem modelos que são melhores para ocasiões específicas e também não é toda gravata que combina com determinados biotipos, então você tem que ficar ligado. Basicamente são quatro os tipos de gravata mais utilizados, cada uma com sua característica e situações mais adequadas: standard, slim, borboleta e ponta reta. Conheça os modelos e saiba qual a melhor para você. 



♥ STANDARD


A gravata standard é a mais tradicional, geralmente feita de seda e é o modelo mais largo entre todas. Ela serve para todos os tipos físicos e para todas as ocasiões mais formais, como o dia a dia do ambiente corporativo, convidado de casamento, figuras políticas… Situações que exigem visual mais clássico.


♥ SLIM

acho um charme essa gravata

O modelo slim, ou skinny, é a gravata fina. Não é recomendada para homens mais gordinhos ou caras fortes, pois a largura das camisas e outras peças deixará a gravata com a impressão de ser ainda mais fina, praticamente um risco no meio do corpo. A slim é boa para ocasiões mais descontraídas e não precisa ser usada apenas com camisa lisa e terno, ainda que exija classe na montagem. Pode acompanhar uma camisa xadrez com calça jeans, por exemplo. 


♥ BORBOLETA


A gravata borboleta geralmente acompanha o traje de gala em ocasiões como casamentos, formaturas e premiações. No dia a dia é mais raro de usar e acaba tornando-se um risco, ainda que alguns homens usem em visuais bem descolados, com camisas xadrez, calças de sarja e outras peças. Porém, o melhor a se fazer é manter a gravata borboleta para situações formais específicas. Se o convite do evento não pede sua utilização e você não foi avisado por ninguém, aposte na standard mais tradicional ou na slim.


♥ PONTA RETA



Calma, ninguém pegou a tesoura e cortou a ponta da gravata. A ponta reta é um estilo que voltou a fazer parte do universo masculino depois de um tempo sumido do mercado. Normalmente são feitas de tricô e têm formato mais fino. Fica legal com camisa xadrez, camisas lisas e em visuais sem terno ou que não peçam um terno tradicional (aí a melhor escolha é a standard). Para os caras mais magros, o formato fino é melhor. Para os mais gordinhos, procure alguma que seja mais larga e não ofereça o mesmo risco que a slim.

♥ fonte: www.manualdohomemmoderno.com.br

Agora sim... Amanhã tem mais!


beijos e beijos,

Cidália Sant'Ana

Nenhum comentário

Postar um comentário