Carrinho de bebê: antes de escolher observe... (2 de 2)

Olá meninas, como estão? Eu estou muito bem também.  :)

Como prometido, voltei para terminarmos nosso papo sobre os carrinhos. Parei nessa perguntinha aí:


     4.    Você quer fazer atividade física com o bebê?
       Não.

Na época em que meu filho mais velho nasceu, não tinham muitos carrinhos para essa finalidade. Eles geralmente têm três rodas e são bem fácies de abrir e fechar, então é uma opção a se considerar além do guarda-chuva.



     5.    Precisa que o bebê durma no carrinho?
      Sim.

Até os dois meses, mais ou menos, meus pequenos dormiam no carrinho, que ficava ao lado da minha cama. Não tinha espaço para berço no quarto, então essa foi a melhor opção para mim. Além disso, costuma levar os pequenos para muitos passeios no meio das manhãs e tardes e eles tiravam aquele famoso cochilinho.

Aqui está uma desvantagem dos carrinhos modelo guarda-chuva: eles são pouco acolchoados. São bem fininhos, tem uns que são até duros mesmo.

Mas para solucionar isso, fiz (eu não, minha mãe linda!) um colchãozinho no tamanho certinho do carrinho. É como se fosse uma manta mais grossa, bem mais grossa mesmo. Logo no início, nos três primeiros meses, usei um travesseiro porque eles [os bebês] eram bem frágeis, a coluna não estava firme ainda. Depois disso, substitui o travesseiro por esse colchão feito por minha mãe. Problema resolvido.

Comprei um desses só para ficar na casa da minha mãe (ia muito pra lá). Ele é bem durinho, mas com o colchão ficou fofinho. Esse aí da foto é incrivelmente barato. Vale o investimento para deixar num lugar que você frequenta bastante.



Os grandões são tipo esses:






Lindo, não? Mas não cabiam na mala do meu carro!

Então, meu conselho: avalie sua necessidade e compre o melhor carrinho para você

Claro que algumas mães têm experiências ótimas com os carrinhos grandes, mas para mim funcionou super bem esse guarda-chuva e é o que recomendo.

Analise direitinho quais as situações que você vai precisar e faça sua compra.

Comente aqui em baixo o que achou das dicas.


beijos, beijos e até o próximo post.
Cidália


Nenhum comentário

Postar um comentário