Regrinha básica (e fácil) para manter a alimentação saudável em casa

Aqui em casa tenho uma regra sobre a alimentação. Aliás, se você for conversar com meu marido ele irá dizer que tenho regras para tudo. Mas é que acho que assim consigo disciplinar as crianças sem angustiá-las porque elas sabem o que podem e o que não podem fazer e/ou comer.

A regrinha sobre comida é a seguinte (uma delas, rs): besteira só no fim de semana. Simples e eficaz. E por besteira entende-se: doces (balas, pirulitos, chicletes), chocolates, todynhos, danoniho, bolachas recheadas, refrigerantes (e só depois dos 4 anos e mesmo assim apenas em festinhas), suco de caixinha, ou seja, quase tudo que vem em saquinho/caixinha!

Sou bastante firme no quesito alimentação e sempre segui essa regra comigo mesma (era assim na casa da minha mãe quando éramos pequenos), então não foi difícil manter com as crianças. Para mim é bom porque mantenho a forma (ou tento); para as crianças porque acredito que assim estou ensinando a terem paciência e saberem esperar e, principalmente, a terem uma alimentação equilibrada e saudável.

Tem funcionado muito bem. Meus pequenos pedem para lanchar tomate cereja, brócolis e outros legumes. É uma medida bastante simples que se seguida com disciplina e regularidade trará bons resultados.

Se você ainda não tem esse hábito, fique tranquila. Sente com seus filhos, explique para ele a nova regra e a siga. Ele irá reclamar nos primeiros dias, mas logo, logo se acostumará. Se estiver difícil, apele para um quadro de recompensas (os adeptos da disciplina positiva que me desculpe, mas recorro ao quadro algumas vezes). As crianças costumam reagir bem quando são premiadas. Com a prática, ela acabará incorporando essa regrinha na rotina e você não precisará mais do quadro.

Fica mais fácil para ele se os pais também praticarem a regra também. Acredito que a melhor maneira de educar uma criança é mais com exemplos do que com palavras.

beijos e beijos,

Cidália

Nenhum comentário

Postar um comentário