Preparando-se para o segundo filho: dica 1 de 3


Olá pessoal... tudo certinho?


Atendendo a pedidos, vou fazer uma série com 3 dicas que adotei para preparar meu filho mais velho para a chegada da filha pequena. 

Quem acompanha o blog sabe que tenho um casal de filhos. Quando meu mais velho tinha 1,6 anos e engravidei (tudo planejadinho, acreditem). Nessa época, uma das coisas que me preocuparam bastante foi como lidar com o ciúmes que todo mundo dizia que o mais velho teria do mais novo.


Geralmente, o filho mais velho sente ciúmes porque pensa que o mais novo vai tirar o lugar de ´centro das atenções´ dele, e vai mesmo (rs). Com um bebê em casa é natural que o mais velho fique mais deslocado e receba menos atenção. Não por outra razão senão a de que um bebê é mais dependente e precisa de cuidados mais frequentes. 


Claro que eu rebolei bastante para não deixar o mais velho ficar de lado, mas é bem difícil e cansativo, confesso. E para começar com o pé direito na boa relação entre os irmãos, resolvi que a mais nova iria trazer um presente de dentro da minha barriga para o mais velho.


Minha intenção era que essa atitude quebrasse o gelo entre eles. Queria que meu pequeno pensasse:  ´olha como minha irmãzinha é legal, até trouxe um presente para mim´. 


Minha filha trouxe um carro do Batman para ele, como esse. O presente que ele mesmo escolheu.



Quando ele chegou ao hospital com meus pais, foi logo pedindo para ver a irmã. Colocamos os dois bem pertinho, depois ela no colo dele e, em seguida, dissemos que ela trouxe um belo presente para ele de dentro da minha barriga (fiz questão de frisar essa parte da barriga). 


Ele a-do-rou! Abriu rapidinho e tratou logo de agradecer a irmã. Foi aí mesmo que ele queria pegar mais ainda ela no colo, ficou dizendo que ela era ´fofinha´, super carinhoso...


Pra mim funcionou muito bem. Notei que isso realmente quebrou essa coisa de competição, de ´ah, ela vai ficar no meu lugar´. Claro que não foi apenas essa medida que adotei para preparar o pequeno para a chegada da irmã, mas uma coisinha aqui e outra ali é que ajudam nessa preparação.


Espero que tenham gostado, até o próximo post.



beijos e beijos,

Cidália



Nenhum comentário

Postar um comentário