Tenho o bico do meu peito invertido? Vou conseguir amamentar?

Pense no tanto de gente que me pergunta isso? Então, vamos esclarecer! Como disse em outros posts, nunca tive problemas com meu bico. Mas até eu saber disso, li tudo que eu pude até saber identificar que tipo de peito eu tinha. Vou resumir para vocês.

Podemos classificar os bicos/mamilos em três tipos:

  • Normal ou Protuso: são os bem pontudinhos e para fora;
  • Plano: não fazem o biquinho e ficam no mesmo plano que a aréola;
  • Invertido: é quando o bico parece entrar no seio, fica lá no fundo. Pode ser que quando bebê sugue ele saia.


Imagem: Acalento

Cada mulher tem um bico de peito de um jeito e nenhum deles atrapalha a amamentação. Isso porque o leite é produzido normalmente nas glândulas internas e levado até o bico dos seios. Para que o leite saia, o bebê precisa fazer a pega correta, fazendo pressão na aréola. Veja aqui um post que fiz sobre a pega. Quando o bebê abocanha o seio, ele faz o formato do bico dentro da boca, encaixando-se perfeitamente. É assim por dentro:

Imagem: babycenter.com.br

Esse movimento de formação do bico dentro da boa independe do formato do bico do seio e está muito relacionado à pega correta.

É verdade que quem tem o bico do seio plano ou invertido pode ter maior dificuldade no início da amamentação. Mas o que pode acontecer também para quem tem o bico protuso. Não existe regra. O que precisamos ter é paciência (vocês estão aprendendo a dar de mamar e seu pequeno a mamar) e persistência (não desista depois de apenas 20 tentativas - sim, 20 tentativas! -, vale a pena e pode demorar um pouco mesmo pra vocês pegarem o jeitinho da coisa).


Preto no branco: não acho que compensa contratar uma enfermeira para te ensinar a fazer a pega direitinho. Primeiro porque você só sairá da maternidade quando o bebê já souber mamar (e você amamentar) e segundo porque elas te ensinam isso enquanto você está no hospital (então pergunte até aprender). Você é a única pessoa que saberá dizer se está tudo bem ou não: doeu? Tente outra vez. Não doeu? Você está no caminho. Confie em você. Vai conseguir, tenho certeza!

Xero,
Cidália

Nenhum comentário

Postar um comentário